Thursday, January 15, 2015

FARC utilizam redes da Al Qaeda para introduzir cocaína em Sahel.

Os laços da guerrilha colombiana com essas organizações começam a ser conhecidos.


El Espectador, 09 de Dezembro de 2014.
Tradução. Bruno Braga.
 
 


As FARC introduzem cocaína na Europa através do Sahel. Para isso, contam com as redes da "Al Qaeda no Magreb Islâmico" (AQMI) ativas na fronteira entre Argélia, Máli e Mauritânia, revelou nesta segunda-feira o diário marroquino "Al Massae".
 
O periódico, que cita um informe policial, explica que as FARC utilizam o Sahel como plataforma para chegar à Europa, depois de passar pela Argélia e pelo Marrocos.
 
De acordo com a fonte, a AQMI cobra das FARC uma "taxa" de 15% sobre o valor da cocaína para garantir a passagem segura pelos canais que controla na extensa zona que começa no Saara Ocidental e chega até o norte de Máli, passando pela Mauritânia e pela Argélia.
 
Este pretenso acordo entre as FARC e a AQMI já se concretizou em um intenso tráfico de armas na região, supostamente procedentes de recursos do narcotráfico.
 
Os informes sobre as atividades de máfias de cocaína latino-americanas na área não são novos. Em Setembro, depois do aparecimento de um estoque recorde de 226 quilos de cocaína em uma estrada do Marrocos, a polícia apontou a cumplicidade entre redes de cocaína e de haxixe.
 
As primeiras, vindas da América Latina, trocam cargas de cocaína em alto-mar, em algum ponto não muito distante das Ilhas Canárias, com fardos de haxixe fornecidos por provedores marroquinos.

 
Notas do Tradutor.
 
[1]. Sahel é uma faixa territorial na África entre o deserto do Saara ao norte e a Savana sudanesa ao sul.
 
[2]. As FARC estão comprometidas com um projeto de poder. Elas integram o Foro de São Paulo - a organização fundada por Lula e por Fidel Castro para promover o socialismo-comunismo na América Latina. Armas e drogas, o grupo fornece ainda treinamento em táticas de guerrilha - como o faz para o MST. Os sem-terra que - utilizando o disfarce de "movimento social" e "catequizados" por um simulacro de teologia que instrumentaliza a fé, a Teologia da Libertação - trabalham também para a ampliação e o fortalecimento das ambições do Foro de São Paulo.

 
ARTIGOS RECOMENDADOS.
 
"Dossiê brasileiro" (Revista Cambio) [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/12/dossie-brasileiro-revista-cambio.html]. (*) Sobre o envolvimento de lideranças petistas com as Farc.
 
BRAGA, Bruno. "A Gerentona e as Farc" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/12/a-gerentona-e-as-farc.html]. (*) Sobre Dilma Rousseff e os narco-terroristas-comunistas da Colômbia.
______. "O 'Chefe' e as Farc" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/12/o-chefe-e-as-farc.html]. (*) Sobre os Ex-Presidente Luiz Inácio e as Farc.
______. "O MST, as FARC e o recrutamento de brasileiros: pelo depoimento de Luiz Inácio "O Barba" da Silva" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/12/o-mst-as-farc-e-o-recrutamento-de.html].
______. "MST - acordo bolivariano, doutrinação e guerrilha" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/mst-acordo-bolivariano-doutrinacao-e.html].
______. "A Escola do MST, o acordo bolivariano e o treinamento dos sem-terra" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/a-escola-do-mst-o-acordo-bolivariano-e.html].
______. "O MST e a Teologia da Libertação, a CNBB e o projeto de poder petista-socialista-comunista no Brasil" (Bibliografia e material para estudo) [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/o-mst-e-teologia-da-libertacao-cnbb-e-o.html].


No comments: