Saturday, November 25, 2017

Mariana “reformada” e o “Ministério gayzista” dos jesuítas em BH.

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.


I.



O texto não aparece com o nome. Portanto, não é possível referir-se diretamente ao autor. Mas, independentemente da assinatura, a presença de um texto que celebra os 500 anos da “reforma” - ou melhor, da ruptura, do cisma - na página oficial da Arquidiocese de Mariana é grotesca por si só [1]. 


De forma escandalosa, ali se afirma que, assim como Lutero, também Francisco de Assis, Francisco Xavier, Tereza d’Ávila, Afonso de Ligório, Inácio de Loyola, Vicente de Paulo foram “reformadores”. Não é possível saber se foi por um lapso, mas é no mínimo curioso que o autor não tenha se referido a todos estes como autênticos Santos, que tenha esquecido a fidelidade deles à Santa Igreja e o combate obstinado que alguns na lista apresentada travaram contra a heresia Protestante. Santo Inácio de Loyola fundou a Companhia de Jesus e colocou os seus “soldados de Cristo” na luta contra ela (embora uma legião de jesuítas, hoje, tenha traído os princípios e a fé do seu fundador). E Santa Teresa, que no seu “Caminho de Perfeição” afirmou:


"Neste tempo chegaram à minha notícia as desgraças da França e os estragos que nela haviam feito os LUTERANOS, e o quanto ia crescendo esta desventurada seita. Deu-me grande aflição, e, como se pudesse ou valesse alguma coisa, chorava com o Senhor, suplicando que remediasse Ele tanto mal. PARECIA-ME QUE MIL VIDAS DARIA EU PARA REMÉDIO DE UMA SÓ ALMA DAS MUITAS QUE ALI SE PERDIAM. E, como me vi mulher, ruim e impossibilitada de trabalhar segundo meus desejos no serviço do Senhor, e toda minha ânsia era, e ainda é, que pois ELE TEM TANTOS INIMIGOS E TÃO POUCOS AMIGOS, ao menos estes fossem bons, determinei FAZER ESTE POUQUINHO A MEU ALCANCE, isto é: SEGUIR OS CONSELHOS EVANGÉLICOS COM TODA A PERFEIÇÃO QUE ME FOSSE POSSÍVEL e procurar que estas pouquinhas aqui encerradas fizessem o mesmo. Confiava na grande bondade de Deus, que nunca falta em ajudar a quem por seu amor se determina a deixar tudo. Sendo elas tais como as pintava em meus desejos, entre suas virtudes desapareceriam minhas faltas, e poderia eu contentar de algum modo ao Senhor. E, ocupadas todas em ORAÇÕES pelos que são DEFENSORES DA IGREJA, e PREGADORES e LETRADOS QUE A SUSTENTAM, AJUDARÍAMOS NO QUE PUDÉSSEMOS A ESTE SENHOR MEU, TÃO ATRIBULADO POR AQUELES A QUEM TEM FEITO TANTO BEM. DIR-SE-IA PRETENDEM CRUCIFICÁ-LO DE NOVO ESSES TRAIDORES, DEIXANDO-O SEM TER ONDE RECLINAR A CABEÇA” [2].


Não é preciso mais para constatar que o texto publicado pela Arquidiocese de Mariana é realmente deplorável.


II.



Basta ler a descrição do tal “painel” sobre “Teologia e Diversidade Afetivo-sexual” para reconhecer o tamanho da aberração (Cf. link da imagem [3]). Picaretagem intelectual, slogans e propaganda “politicamente correta” para pisar o Catecismo da Igreja Católica, que é bastante claro:

"A homossexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominante, por pessoas do mesmo sexo. A homossexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua gênese psíquica continua amplamente inexplicada. APOIANDO-SE NA SAGRADA ESCRITURA, QUE OS APRESENTA COMO DEPRAVAÇÕES GRAVES, A TRADIÇÃO SEMPRE DECLAROU QUE 'OS ATOS DE HOMOSSEXUALIDADE SÃO INTRINSECAMENTE DESORDENADOS'. SÃO CONTRÁRIOS À LEI NATURAL. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. EM CASO ALGUM PODEM SER APROVADOS" (CIC. 2357).

Os jesuítas perverteram até mesmo a posição do Papa Francisco, que já sentenciou: “A IDEOLOGIA DE GÊNERO É DEMONÍACA” [4].


O “painel” grotesco, uma realização do Programa de Pós-graduação em Teologia da FAJE, que tem o militante gayzista Élio Gasda como orientador, contou com a presença do reitor da instituição, o padre Álvaro Pimentel. 


REFERÊNCIAS.




[2]. TERESA DE ÁVILA, Santa. "Caminho de Perfeição". Editora Vozes: Rio de Janeiro, 2014. p. 15.






ARTIGOS RECOMENDADOS.


BRAGA, Bruno. “Teologia da Libertação: a transformação comunista da Arquidiocese de Mariana-MG”. Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/08/teologia-da-libertacao-transformacao.html].

______. “A transformação da Arquidiocese de Mariana-MG: o efeito corruptor da Teologia da Libertação”. Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/03/a-transformacao-da-arquidiocese-de.html].

______. “Mariana: ‘movimentos populares’ e ‘trincheira’ comuno-petista” [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/06/mariana-movimentos-populares-e.html].

______. “Gilberto Carvalho: a pregação comunista na Faculdade Jesuíta” [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/05/gilberto-carvalho-pregacao-comuno.html].

No comments: