Monday, December 09, 2013

Nota de esclarecimento. Programa "Mais médicos" e exclusão do grupo "Barbacena, quem verdadeiramente se importa".

Bruno Braga.


Recentemente publiquei algumas notas sobre a possível adesão de Barbacena-MG ao programa “Mais médicos”. Nelas, observei que – com a adesão - a administração municipal fomentaria uma aberração PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA; mas, sobretudo, colocaria em risco a SAÚDE e a VIDA da população da cidade, exposta aos cuidados de profissionais estrangeiros mal qualificados dos quais não se tem garantia sequer se são de fato médicos [1].
As notas eram reproduzidas no grupo “Barbacena, quem verdadeiramente se importa” (Facebook). O grupo é administrado pelo Sr. Claudio Gonçalves Paiva – que, além de presidente do Partido Ecológico Nacional (PEN) em Barbacena, é publicamente conhecido pela proximidade com a administração municipal.
Constatei, no entanto, que as minhas notas sobre o programa “Mais médicos” tinham sido APAGADAS do grupo. Imediatamente, contatei o administrador – por mensagem privada – para saber as razões daquele inconveniente. Não obtive resposta. Por isso, tomei a iniciativa de postar uma explicação sobre o caso e, logo em seguida, todas as publicações que haviam sido deletadas. Foi então que o Sr. Claudio Gonçalves comentou a minha postagem explicativa:    
PEÇO POR FAVOR QUE REDUZA SUAS POSTAGENS NÃO IMPORTANDO O ASSUNTO POIS AS MESMAS ACABAM POR TOMAR CONTA POR COMPLETO DO GRUPO..... AO INVÉS DE PROMOVER SEU BLOG INICIE DISCUSSÕES, OU FATOS RELACIONADOS A MESMA, ISTO AQUI NÃO É UM GRUPO COMUNISTA, E SIM SOBRE NOSSA CIDADE, ESTE SIM É O OBJETIVO DO GRUPO. ABÇ CLAUDIO”.
O Sr. Claudio Gonçalves apresentou uma mudança de postura drástica. Porque em outra oportunidade – como mostra a imagem abaixo – ele, estabelecendo a diferença com relação ao grupo “Barbacena, quem se importa?” [2], afirmou expressamente para mim: “aqui existe um grupo que verdadeiramente se importa e É LIVRE PARA TODOS, AQUI NÃO TEM EXCLUSÕES E NEM CENSURA TODOS POSTAM O QUE QUISER”.

Assim, diante daquele suspeito comentário - e antes de fazer qualquer observação – uma pergunta restou inevitável para o Sr. Claudio Gonçalves: “Foi o Sr. quem apagou as minhas publicações?”. Ele – mais uma vez – não respondeu. Então, eu repliquei o que ele havia considerado:
Sr. Claudio Gonçalves Paiva,

Não obtive resposta. Então, vou repetir a pergunta que lhe fiz anteriormente: foi o Sr. quem apagou as minhas publicações? Parece que sim. É o que se pode extrair das suas considerações.

De qualquer maneira, se foi o Sr. ou não, eu observo uma mudança no seu discurso. Em outra oportunidade, o Sr. declarou expressamente para mim que neste grupo – afirmando a diferença com relação a “outros” – as publicações eram livres (inclusive quanto ao CONTEÚDO). No entanto, agora o Sr. quer estabelecer um limite. Solicita uma “redução” das minhas publicações. Argumenta que elas “acabam por tomar conta por completo do grupo”.

Primeiro, se os outros membros não publicam, não posso me pautar por eles. Exigi-lo seria absurdo, pelo simples fato de que ninguém, suponho, faz esta aferição. Ademais. Eu não alterei a freqüência das minhas publicações. Por isso, é curioso – para não dizer SUSPEITO – que só agora o Sr. me faça esta advertência.

Claudio Gonçalves, o Sr. utiliza outro argumento desastroso. Passa para o domínio das “intenções” alegando que tenho o único propósito de “promover o meu blog”. Para contestá-lo não vou citar os ANUNCIOS e PROMOÇÕES colocados no grupo. Seria muito evidente. Observo apenas que a sua alegação é temerária sem uma fundamentação mais precisa. Porque poderia apontar – no mesmo sentido, sem maiores explicações – que suas publicações têm apenas o propósito de PROMOVER sua carreira política.

Quanto à sua colocação – de que “isto aqui não é um grupo comunista” – confesso que eu não a compreendi. Talvez pudesse esclarecê-la. De qualquer maneira, entendi perfeitamente bem a passagem em que diz que o grupo é “sim sobre nossa cidade”. Por isso, a eliminação das minhas publicações e a sua advertência são completamente sem sentido. Porque as publicações apagadas – mesmo não tendo sido deletadas pelo Sr., são as mesmas publicações que motivaram a sua advertência – referem-se NOMINALMENTE à cidade: “Mais médicos. Barbacena-MG e o programa PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA”.

Atenciosamente,
Bruno Braga.

Novamente, a publicação foi APAGADA. Eu a reproduzi no grupo – imagem abaixo. No entanto, depois disso, fui EXCLUÍDO – sem qualquer comunicado - do grupo “Barbacena, quem verdadeiramente se importa”.

Não. O propósito de relatar este episódio não é lamentar a exclusão de um grupo do Facebook. É apresentar a conduta – o comportamento – e o despreparo – do Sr. Claudio Gonçalves Paiva. Porque ele tem ATUAÇÃO e PRETENSÕES políticas. Porém, mais do que isso. É mostrar como uma aberração – como o programa “Mais médicos”, que envolve seriamente a cidade, é tratado. Pelo menos por uma pessoa próxima à administração municipal de Barbacena: é protegido contra críticas e objeções para fortalecer - ou não enfraquecer – grupinhos. Meramente como um problema de vantagem ou prejuízo eleitoral.  

Referências.
[1]. Cf. BRAGA, Bruno. “Mais médicos. Barbacena/MG prestes a aderir ao programa PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA” [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/11/mais-medicos-barbacenamg-prestes-aderir.html]; “Mais médicos. Barbacena-MG e o programa PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA” [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/12/mais-medicos-barbacena-mg-e-o-programa.html].

[2]. Este grupo é – ou era – um concorrente do Sr. Claudio Gonçalves. Dele eu também fui excluído. O episódio está relatado aqui: “Nota de esclarecimento” (Sobre a exclusão do grupo “Barbacena, quem se importa?” [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/05/nota-de-esclarecimento.html].

No comments: