Sunday, September 04, 2016

"Gritaria" comuno-petista.

Bruno Braga.


Todo ano, no dia 07 de setembro - dia da Independência do Brasil - realiza-se o "Grito dos Excluídos". O evento - com o suporte da CNBB - é dado como uma "manifestação popular" em defesa dos marginalizados, "excluídos", e uma espécie de "ecumenismo" para "fortalecer o compromisso" de pessoas, grupos e "movimentos sociais" empenhados na "prática das lutas" [1].

Na "prática", contudo, o "Grito dos Excluídos" é uma manifestação conduzida e direcionada pelos comunistas que parasitam a Igreja Católica - sob a direção "espiritual" dos "apóstolos" da Teologia da Libertação - com o intuito de favorecer interesses políticos com "causas" e "bandeiras" aparentemente legítimas. No "Grito" deste ano, o propósito está explícito no próprio lema do evento, que utiliza o chavão que enche a boca de qualquer comunistinha rebelde: "sistema" (Cf. imagem). 

Na entrevista coletiva de lançamento, realizada no dia 01 de setembro, Dom Milton Kenan Junior - Bispo da CNBB - dividiu a mesa com organizações comunistas - por exemplo, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) [2] (Cf. imagem) -, e que irão utilizar o disfarce de "movimento social" para protestar contra o "sistema" e também contra o que chamam de "golpe": o impeachment da Presidente petista Dilma Rousseff - títere do Foro de São Paulo [3].

No próximo "Grito dos Excluídos", portanto, os católicos podem esperar por mais uma "gritaria" comuno-petista [4]. Que o triste espetáculo sirva para exergarem de uma vez por todas o grau de parasitismo, do assalto que promoveram dentro da Igreja - da Conferência dos Bispos - para construir um esquema de poder criminoso e frontalmente contrário aos seus princípios e orientações. 


REFERÊNCIAS.


[2]. Cf. "Teologia da Libertação: a transformação comunista da Arquidiocese de Mariana-MG". Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/08/teologia-da-libertacao-transformacao.html].

[3]. Cf. "Repressão não intimida Grito dos Excluídos que sai às ruas dia 7". Vermelho, 01 de setembro de 2016 [http://vermelho.org.br/noticia/286002-1]. 

No comments: