Sunday, March 12, 2017

Leão XIII contra a Maçonaria e o Comunismo.

Bruno Braga.
Material para estudo.


I.

"Uma vez que O INIMIGO NÃO DÁ TRÉGUA, ENTÃO NEM VÓS NEM NÓS PODEMOS PERMANECER CALADOS OU INERTES. Pela Divina misericórdia NÓS FOMOS CONSTITUÍDOS GUARDIÕES E DEFENSORES DA RELIGIÃO DO POVO CONFIADO AO NOSSO CUIDADO, PASTORES E VIGILANTES SENTINELAS DO REBANHO DE CRISTO; e POR ESTE REBANHO NÓS DEVEMOS ESTAR PRONTOS, SE NECESSÁRIO, A SACRIFICAR TUDO, ATÉ A PRÓPRIA VIDA". [...]

"Agora é desnecessário colocar as SEITAS MAÇÔNICAS em julgamento. ELAS JÁ ESTÃO JULGADAS; seus fins, seus meios, suas doutrinas, e sua ação, são todos conhecidos com indisputável certeza. POSSUÍDOS PELO ESPÍRITO DE SATANÁS, CUJOS INSTRUMENTOS ELES SÃO, ELES ARDEM COMO ELE COM UM ÓDIO MORTAL E IMPLACÁVEL A JESUS CRISTO E SUA OBRA; E ELES SE ESFORÇAM POR TODOS OS MEIOS PARA DERRUBÁ-LA E ACORRENTÁ-LA". [...]

"Além disso, UM DOS MAIORES E MAIS FORMIDÁVEIS PERIGOS DA SOCIEDADE DE HOJE, é a agitação dos SOCIALISTAS [COMUNISTAS], que ameaçam levantá-la de seus fundamentos. Deste grande perigo a Itália não está livre; e embora outras nações possam estar mais infestadas do que a Itália por este ESPÍRITO DE SUBVERSÃO E DESORDEM, não é entretanto menos verdadeiro que até aqui ESTE ESPÍRITO ESTÁ SE ESPALHANDO LARGAMENTE E AUMENTANDO A CADA DIA EM FORÇA. Tão CRIMINOSA É SUA NATUREZA, tão grande O PODER DE SUA ORGANIZAÇÃO e A AUDÁCIA DE SEUS DESÍGNIOS, que É NECESSÁRIO UNIR TODAS AS FORÇAS CONSERVADORAS, SE QUISERMOS IMPEDIR SEU PROGRESSO E EVITAR COM SUCESSO O SEU TRIUNFO. Destas forças A PRINCIPAL, E SOBRE TODAS A CHEFE, é aquela que pode ser fornecida pela RELIGIÃO e a IGREJA: sem isto, as mais estritas leis, os mais severos tribunais, e até a força das armas, vão se provar sem utilidade e insuficiente. Como, em tempos antigos, a força material não adiantou contra as hordas dos bárbaros, mas somente O PODER DA RELIGIÃO CRISTÃ, que entrando em suas almas apagou sua ferocidade, civilizou suas maneiras, e os fez dóceis à voz da VERDADE e à LEI DO EVANGELHO; do mesmo modo CONTRA A FÚRIA DAS MULTIDÕES SEM LEI NÃO HAVERÁ DEFESA EFETIVA SEM O SALUTAR PODER DA RELIGIÃO. É somente este poder que, derramando sobre suas mentes a luz da VERDADE, e instilando em seus corações os sagrados preceitos morais de Jesus Cristo, pode fazê-los ouvir a voz da consciência e do dever, e, antes de restringir suas mãos, restringir suas mentes e acalmar a violência da paixão". 

Cf. Carta Encíclica "Dall'alto dell'apostolico seggio" - Sobre a Maçonaria na Itália - 15 de outubro de 1890 [http://w2.vatican.va/content/leo-xiii/pt/encyclicals/documents/hf_l-xiii_enc_18901015_apostolico-seggio.html].

II.

O Gênero Humano, após sua miserável queda de Deus, o Criador e Doador dos dons celestes, "pela inveja do demônio", separou-se em duas partes diferentes e opostas, das quais uma resolutamente luta pela verdade e virtude, e a outra por aquelas coisas que são contrárias à virtude e à verdade. Uma é o reino de Deus na terra, especificamente, a verdadeira Igreja de Jesus Cristo; e aqueles que desejam em seus corações estar unidos a ela, de modo a receber a salvação, devem necessariamente servir a Deus e Seu único Filho com toda a sua mente e com um desejo completo. A outra é o reino de Satanás, em cuja possessão e controle estão todos e quaisquer que sigam o exemplo fatal de seu líder e de nossos primeiros pais, aqueles que se recusam a obedecer à lei divina e eterna, e que têm muitos objetivos próprios em desprezo a Deus, e também muitos objetivos contra Deus.

Este reino dividido Sto. Agostinho penetrantemente discerniu e descreveu ao modo de duas cidades, contrárias em suas leis porque lutando por objetivos contrários; e com sutil brevidade ele expressou a causa eficiente de cada uma nessas palavras: "Dois amores formaram duas cidades: o amor de si mesmo, atingindo até o desprezo de Deus, uma cidade terrena; e o amor de Deus, atingindo até o desprezo de si mesmo, uma cidade celestial". Em cada período do tempo uma tem estado em conflito com a outra, com uma variedade e multiplicidade de armas e de batalhas, embora nem sempre com igual ardor e assalto. Nesta época, entretanto, OS 'PARTISANS' (guerrilheiros) DO MAL PARECEM ESTAR SE REUNINDO, E ESTAR COMBATENDO COM VEEMÊNCIA UNIDA, LIDERADOS OU AUXILIADOS POR AQUELA SOCIEDADE FORTEMENTE ORGANIZADA E DIFUNDIDA CHAMADA OS MAÇONS. Não mais fazendo qualquer segredo de seus propósitos, eles estão agora abruptamente LEVANTANDO-SE CONTRA O PRÓPRIO DEUS. Eles estão planejando A DESTRUIÇÃO DA SANTA IGREJA publicamente e abertamente, e isso com o propósito estabelecido de despojar completamente as nações da Cristandade, se isso fosse possível, das bênçãos obtidas para nós através de Jesus Cristo nosso Salvador. Lamentando estes males, Nós somos constrangidos pela caridade que urge Nosso coração a clamar freqüentemente a Deus: "Ó Deus, eis que Teus inimigos se agitam; e os que Te odeiam levantaram as suas cabeças. Eles tramam um plano contra Teu povo, e conspiram contra Teus santos. Eles disseram: 'vinde, destruamo-nos, de modo que eles não sejam uma nação'".

Em uma crise tão urgente, quando tão feroz e tão forte assalto é feito sobre o nome Cristão, é Nosso ofício apontar o perigo, marcar quem são os adversários, e no máximo de Nosso poder fazer uma barreira contra seus planos e procedimentos, para que não pereçam aqueles cuja salvação está confiada a Nós, e para que o reino de Jesus Cristo confiado a Nosso encargo possa não só permanecer de pé e inteiro, mas possa ser alargado por um crescimento cada vez maior através do mundo. [...]

Por estas razões Nós, tão logo chegamos ao timão da Igreja, claramente vimos e sentimos ser Nosso dever usar Nossa autoridade em sua máxima extensão CONTRA UM MAL TÃO VASTO. Nós já por muitas vezes, conforme as ocasiões surgiram, atacamos alguns pontos principais dos ensinamentos que demonstraram de uma maneira especial A PERVERSA INFLUÊNCIA DAS OPINIÕES MAÇÔNICAS. [...]

Agora, a SEITA MAÇÔNICA produz frutos que são perniciosos e do mais amargo sabor. Pois, daquilo que Nós acima mostramos da maneira mais clara, aquele que é O SEU PROPÓSITO ÚLTIMO força-a a se tornar visível - especificamente, A COMPLETA DERRUBADA DE TODA A ORDEM RELIGIOSA E POLÍTICA DO MUNDO QUE O ENSINAMENTO CRISTÃO PRODUZIU, E A SUBSTITUIÇÃO POR UM NOVO ESTADO DE COISAS DE ACORDO COM AS SUAS IDÉIAS, das quais as fundações e leis devem ser obtidas do mero NATURALISMO. 

[...] A DOUTRINA FUNDAMENTAL DOS NATURALISTAS, que eles tornam suficientemente conhecida em seu próprio nome, é que a natureza humana e a razão humana deveria em todas as coisas ser senhora e guia. Eles ligam muito pouco para os deveres para com Deus, ou OS PERVERTEM POR OPINIÕES ERRÔNEAS E VAGAS. Pois eles negam que qualquer coisa tenha sido ensinada por Deus; eles não permitem qualquer dogma de religião ou verdade que não possa ser entendida pela inteligência humana, nem qualquer mestre que deva ser acreditado por causa de sua autoridade. E desde que é o dever especial e exclusivo da Igreja Católica estabelecer completamente em palavras as verdades divinamente recebidas, ensinar, além de outros auxílios divinos à salvação, a autoridade de seu ofício, e defender a mesma com perfeita pureza, É CONTRA A IGREJA QUE O ÓDIO E O ATAQUE DOS INIMIGOS É PRINCIPALMENTE DIRIGIDO. [...]

Se aqueles que são admitidos como membros não são ordenados a abjurar por quaisquer palavras as doutrinas Católicas, esta omissão, muito longe de ser adversa aos desígnios dos Maçons é mais útil para os seus propósitos. Primeiro, deste modo ELES FACILMENTE ENGANAM OS INGÊNUOS E OS INCAUTOS, E PODEM INDUZIR UM NÚMERO MUITO MAIOR A SE TORNAREM MEMBROS. Novamente, COMO TODOS QUE SE OFERECEM SÃO RECEBIDOS QUALQUER QUE POSSA SER SUA FORMA DE RELIGIÃO, ELES DESTE MODO ENSINAM O GRANDE ERRO DESTA ÉPOCA - QUE UMA CONSIDERAÇÃO POR RELIGIÃO DEVERIA SER TIDA COMO ASSUNTO INDIFERENTE, E QUE TODAS AS RELIGIÕES SÃO SEMELHANTES. Este modo de raciocinar é calculado para trazer a ruína de todas as formas de religião, e especialmente da RELIGIÃO CATÓLICA, que, COMO É A ÚNICA QUE É VERDADEIRA, NÃO PODE, SEM GRANDE INJUSTIÇA, SER CONSIDERADA COMO MERAMENTE IGUAL ÀS OUTRAS RELIGIÕES. [...]

Quanto ao que se refere à VIDA DOMÉSTICA NOS ENSINAMENTOS NATURALISTAS é quase tudo contido nas seguintes declarações: que o CASAMENTO pertence ao gênero dos contratos humanos, que pode ser legalmente revogado pelo desejo daqueles que o fizeram, que os governadores civis do Estado têm poder sobre o laço matrimonial; que na EDUCAÇÃO DOS JOVENS nada deve ser ensinado em matéria de religião como opinião certa e fixada; e cada um deve ser deixado livre para seguir, quando chegar à idade, qualquer que ele preferir. OS MAÇONS CONCORDAM COMPLETAMENTE COM ESTAS COISAS, E NÃO SOMENTE CONCORDAM, MAS TÊM LONGAMENTE ESFORÇADO-SE PARA TRANSFORMÁ-LAS EM LEI E INSTITUIÇÃO. Pois em muitos países, e aqueles nominalmente Católicos, é estabelecido que nenhum casamento deve ser considerado legal a não ser aqueles contraídos pelo rito civil; em outros lugares a lei permite o divórcio; e em outros todos os esforços são feitos para torná-lo legal tão logo quanto possível. Portanto, O TEMPO ESTÁ RAPIDAMENTE SE APROXIMANDO EM QUE OS CASAMENTOS VÃO SER TORNADOS EM OUTRO TIPO DE CONTRATO - OU SEJA EM UNIÕES MUTÁVEIS E INCERTAS QUE UM CAPRICHO PODE UNIR, E QUE DO MESMO MODO QUANDO SE MODIFICAR PODE DESUNIR. 

Com a maior unanimidade a SEITA DOS MAÇONS também esforça-se para tomar a si mesma a EDUCAÇÃO DA JUVENTUDE. Eles pensam que eles podem facilmente moldar às suas opiniões aquela idade macia e maleável, e torcê-la no que quer que eles desejem; e que nada pode ser mais adequado do que isto para permitir a eles levar a juventude do Estado a seguir seu próprio plano. Portanto, na educação e instrução de crianças eles não permitem qualquer participação, quer no ensinamento ou na disciplina, aos ministros da Igreja; e em muitos lugares eles têm procurado obter que a educação dos jovens esteja exclusivamente nas mãos de leigos, e que nada que trate dos mais importantes e mais sagrados deveres dos homens para com Deus deva ser introduzido na instrução sobre moral. [...]

O que, portanto, A SEITA DOS MAÇONS é, e que trilha ela persegue, aparece suficientemente do sumário que Nós resumidamente demos. SEUS DOGMAS ESTÃO TÃO GRANDEMENTE E MANIFESTAMENTE APARTADOS DA RAZÃO QUE NADA PODE SER MAIS PERVERSO. DESEJAR DESTRUIR A RELIGIÃO E A IGREJA QUE O PRÓPRIO DEUS ESTABELECEU, E CUJA PERPETUIDADE ELE ASSEGURA POR SUA PROTEÇÃO, E TRAZER APÓS UM LAPSO DE DEZOITO SÉCULOS AS MANEIRAS E COSTUMES DOS PAGÃOS, É NOTÁVEL INSENSATEZ E AUDACIOSA IMPIEDADE. Nem é menos horrível nem mais tolerável que eles repudiem os benefícios que Jesus Cristo tão misericordiosamente obteve, não somente para os indivíduos, mas também para as famílias e a sociedade civil, benefícios os quais, mesmo de acordo com o julgamento e testemunho de inimigos da Cristandade, são muito grandes. NESTA EMPREITADA INSANA E PERVERTIDA NÓS QUASE PODEMOS VER O ÓDIO IMPLACÁVEL E O ESPÍRITO DE VINGANÇA COM O QUAL O PRÓPRIO SATANÁS ESTÁ INFLAMADO CONTRA JESUS CRISTO. - Do mesmo modo o estudado esforço dos Maçons para destruir as principais fundações da justiça e honestidade, e para cooperar com aqueles que desejarem, como se fossem meros animais, fazer o que eles quiserem, tende somente para a ignominiosa e desgraçada ruína do gênero humano. [...]

Agora, dos perturbantes erros que Nós temos descrito os maiores perigos para os Estados devem ser temidos. Pois, sendo retirados o temor a Deus e a reverência pelas leis divinas, sendo desprezada a autoridade dos governantes, a sedição permitida e aprovada, e as paixões populares exacerbadas até o desprezo pela lei, sem qualquer freio a não ser o castigo, uma mudança e derrubada de todas as coisas necessariamente seguirá. Sim, esta mudança e derrubada é deliberadamente planejada e colocada em curso por várias associações de COMUNISTAS e SOCIALISTAS; e AOS SEUS PROPÓSITOS A SEITA DOS MAÇONS NÃO É HOSTIL, MAS FAVORECE GRANDEMENTE SEUS DESÍGNIOS, E TEM EM COMUM COM ELES SUAS PRINCIPAIS OPINIÕES. E se estes homens não se esforçam imediatamente e em todo lugar para levar à frente seus pontos de vista extremos, isso não deve ser atribuído ao seu ensinamento e sua vontade, mas À VIRTUDE DAQUELA DIVINA RELIGIÃO QUE NÃO PODE SER DESTRUÍDA; e também porque A PARTE MAIS SÓLIDA DOS HOMENS, RECUSANDO-SE A SER ESCRAVIZADA ÀS SOCIEDADES SECRETAS, VIGOROSAMENTE RESISTE ÀS SUAS INSANAS TENTATIVAS. [...]

Nós rogamos e imploramos a vós, veneráveis irmãos, a JUNTAR OS VOSSOS ESFORÇOS COM OS NOSSOS, E ESFORÇADAMENTE LUTAR PELA EXTIRPAÇÃO DESTA PRAGA MALIGNA, QUE ESTÁ SE ESGUEIRANDO ATRAVÉS DAS VEIAS DO CORPO DA POLÍTICA. Vós deveis defender a glória de Deus e a salvação do vosso próximo; e com o objetivo de vosso combate à vossa frente, nem coragem nem força irão faltar. Será por vossa prudência que julgareis por quais modos vós podeis melhor sobrepujar as dificuldades e obstáculos com os quais vos encontrardes. Mas, como pertence à autoridade de Nosso ofício que Nós mesmos apontemos algumas maneiras apropriadas de procedimento, Nós desejamos QUE O VOSSO PRIMEIRO ATO SEJA ARRANCAR A MÁSCARA DA MAÇONARIA, E DEIXAR QUE ELA SEJA VISTA COMO REALMENTE É; e por sermões e cartas pastorais instruir o povo quanto aos artifícios usado pelas sociedades deste tipo para seduzir os homens e persuadi-los a entrar em suas fileiras, e quanto à perversidade de suas ações e à maldade de seus atos. Como Nossos predecessores por muitas vezes repetiram, QUE NENHUM HOMEM PENSE QUE ELE POSSA POR QUALQUER RAZÃO QUE SEJA AJUNTAR-SE À SEITA MAÇÔNICA, SE ELE DÁ VALOR AO SEU NOME CATÓLICO E À SUA SALVAÇÃO ETERNA COMO ELE DEVERIA VALORIZÁ-LOS. Que nenhum seja enganado por uma pretensão de honestidade. Pode parecer a alguns que os Maçons não exigem nada que seja abertamente contrário à religião e à moral; mas, como todo princípio e objetivo da seita está naquilo que é vicioso e criminoso, ajuntar-se com estes homens ou em algum modo ajudá-los não pode ser legítimo. [...]

Nós bem sabemos, entretanto, que os nossos esforços unidos não serão de modo algum suficientes para arrancar estas SEMENTES PERNICIOSAS do campo do Senhor, a menos que o Celestial Mestre da vinha misericordiosamente nos ajude em nossos esforços. Nós precisamos, portanto, com grande e ansioso cuidado, implorar a Ele a ajuda que a grandeza do perigo e da necessidade requer. A SEITA DA MAÇONARIA MOSTRA-SE INSOLENTE E ORGULHOSA DE SEU SUCESSO, E PARECE QUE ELA NÃO COLOCARÁ LIMITES À SUA PERTINÁCIA. SEUS SEGUIDORES, AJUNTADOS POR PERVERSOS ACORDOS E POR CONSELHOS SECRETOS, AJUDAM-SE UNS AOS OUTROS, E EXCITAM-SE UNS AOS OUTROS A UMA AUDÁCIA NAS COISAS MALÍGNAS. Um ataque tão veemente exige uma igual defesa - especificamente, que todos os homens de bem formem a mais abrangente associação possível de AÇÃO e de ORAÇÃO. Nós imploramos a eles, portanto, com corações unidos, a permanecer unidos e firmes contra as forças das seitas que avançam; e em aflição e súplica estender suas mãos a Deus, orando que o nome Cristão possa florescer e prosperar, que a Igreja possa desfrutar da sua necessária liberdade, que aqueles que se extraviaram possam retornar a uma mente reta, que o erro difundido possa dar lugar à verdade, e o vício à virtude. TOMEMOS COMO NOSSA AUXILIADORA E INTERCESSORA A VIRGEM MARIA, MÃE DE DEUS, PARA QUE ELA, QUE DESDE O MOMENTO DE SUA CONCEPÇÃO DERROTOU SATANÁS POSSA MOSTRAR SEU PODER SOBRE ESTAS SEITAS MALIGNAS, NAS QUAIS REVIVE O CONTUMAZ ESPÍRITO DO DEMÔNIO, JUNTAMENTE COM SUA PERFÍDIA INSUBMISSA E ENGANOSA. Imploremos a Miguel, o príncipe dos anjos celestes, que lançou fora o infernal inimigo; e José, o esposo da santíssima Virgem, e patrono celeste da Igreja Católica; e os grandes Apóstolos, Pedro e Paulo, os pais e campeões vitoriosos da fé Cristã. Por seu patrocínio, e pela perseverança na união de oração, Nós esperamos que Deus irá misericordiosamente e oportunamente socorrer o gênero humano, que é rodeado por tantos perigos.

Cf. Carta Encíclica "Humanum genus" - Sobre a Maçonaria - 20 de abril de 1884 [http://w2.vatican.va/content/leo-xiii/pt/encyclicals/documents/hf_l-xiii_enc_18840420_humanum-genus.html].


ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "A aliança entre a Maçonaria e o Comunismo". Material para estudo [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/a-alianca-entre-maconaria-e-o-comunismo.html].

______. "Antonio Guterres: ONU, Internacional Socialista, Maçonaria - aborto e gayzismo" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/10/antonio-guterres-onu-internacional.html].

______. "Comunismo e Maçonaria: o 'apostolado' de Valentini" [http://b-braga.blogspot.com.br/2016/05/comunismo-e-maconaria-o-apostolado-de.html].

No comments: