Saturday, March 15, 2014

URGENTE e IMPRESCINDÍVEL: "O Brasil nos arquivos de espionagem do bloco soviético".

Bruno Braga.
 
 

 
 
 
Às vésperas dos cinquenta anos da intervenção militar no Brasil, Mauro Abranches presta um serviço de valor inestimável à história do país. O brasileiro, que atualmente mora na Polônia, vasculhou os arquivos da Tchecoslováquia COMUNISTA. Neste vídeo ele fornece uma amostra – exibindo DOCUMENTOS DE FONTE PRIMÁRIA – da atuação da STB (serviço de inteligência da polícia secreta comunista tcheca, subordinado à KGB soviética) no país antes, mais uma vez, ANTES da intervenção de 64. Uma vasta atividade de influência no ambiente político, jornalístico, sindical, científico e até militar.
 
Neste material há uma menção aos arquivos referentes a Ladislav Bittman. Os ex-agente de inteligência tcheco participou de atividades de “desinformação” no Brasil. Promoveu a falsificação de documentos – e a disseminação deles – com o objetivo de pintar os Estados Unidos como o inimigo explorador da América Latina. Uma dessas peças tornou-se inclusive tese oficial dos livros de história: a que responsabilizava o FBI e a CIA pelo sucesso da execução do golpe de 64.
 
Mauro Abranches apresenta aos historiadores uma rica fonte de pesquisa. Mas PROVA desde já que a “ameaça COMUNISTA” não era uma “paranóia” dos militares. E exibe a FARSA de uma Comissão que se apresenta como da VERDADE, mas que tem um só objetivo: consagrar definitivamente uma MENTIRA como a história oficial do Brasil. A de que os revolucionários – que inclusive a coordenam - foram “heróis da nação” que lutaram bravamente contra os militares pela “democracia”. Não. Eles estavam empenhados – antes de 1964 – em fazer do Brasil um país SOCIALISTA-COMUNISTA.     

 
 
ARTIGO RECOMENDADO.
 
BRAGA, Bruno. “Depoimento imprescindível: Ladislav Bittman”. Sobre o trabalho de ex-espião tcheco no Brasil, incluindo o livro que ele escreveu, “The KGB and Soviet Disinformation” (arquivo PDF).

1 comment:

Crispim De Oliveira Neto said...

Incrível como essa notícia vem num momento oportuníssimo para desmascarar e desmantelar a revolução comunista no Brasil e na América Latina.