Friday, September 12, 2014

O Grito PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA.

Bruno Braga.
 
 
 
 
 
No dia 07 de Setembro - dia da Independência do Brasil - tradicionalmente se realiza o "Grito dos Excluídos". O evento - ligado à CNBB - é apresentado como uma "manifestação popular" destinada a expor as necessidades e carências daqueles considerados "excluídos" da sociedade. No entanto, o que se vê frequentemente não é uma manifestação dos princípios e valores cristãos. O "Grito dos Excluídos" - inclusive pelos temas propostos - tornou-se uma oportunidade para a promoção das "causas" e bandeiras levantadas por agentes, grupos e partidos políticos, e que afrontam integralmente os preceitos e orientações da Igreja Católica. O "Grito dos Excluídos" tornou-se um "Grito PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA".
 
No ano passado, a edição do evento promovida pela Arquidiocese de Mariana em Congonhas-MG exemplificou muito bem isso [1]. Mas na deste ano - realizada em meio à disputa eleitoral - as coisas ficaram ainda mais explícitas. Leleco Pimentel "animou" e "organizou" o "Grito dos Excluídos" durante 20 anos. Ele estava inclusive entre os "agitadores" do ano passado. Leleco agora é candidato a Deputado Estadual pelo PT. Na foto abaixo, ele caminha com João - Deputado Federal que disputa a reeleição e promove sua carreira política como "padre", contrariando integralmente as determinações da Igreja Católica. João e Leleco expõem a sua verdadeira "profissão de fé" e realizam o "Grito PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA".
 
 

 
 
ARTIGOS RECOMENDADOS.
 
BRAGA, Bruno. "A invasão SOCIALISTA-COMUNISTA-PETISTA da Igreja Católica" [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/09/a-invasao-socialista-comunista-petista.html]. Cf. Item IV, "Padre 'celebra' a revolução Socialista-Comunista em Congonhas-MG". Sobre o "Grito dos Excluídos" de 2013.

 
Nota publicada no Facebook em 10 de Setembro de 2014.


ANEXO.

"Frei" pede votos para "padre".
 
Gilvander e João. Um parasita a Igreja Católica disfarçado de "frei"; o outro, filiado ao PT, promove sua carreira política apresentando-se como "padre". Eles exercem o mesmo apostolado. Não o católico - que contrariam integralmente. Estão comprometidos com uma só "profissão de fé": a promoção do projeto de poder PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA.
 
No início do ano, Gilvander e João estiveram com o MST em Brasília, quando a guerrilha rural PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA - utilizando dinheiro público - tocou o terror pela capital federal. Ameaçou invadir o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional (Cf. Artigos recomendados).
 
Gilvander e João estão juntos novamente. O "frei" se tornou cabo eleitoral do "padre". Ele pede votos para que João se reeleja Deputado Federal. João, por sua vez, utiliza o apelo do "frei" em sua campanha (Cf. imagem). Gilvander e João contrariam novamente - sem o menor pudor - os princípios e orientações da Igreja Católica. Dão mais uma demonstração escandalosa da "fé" que move o seu "apostolado".
 

 
 ARTIGOS RECOMENDADOS.

BRAGA, Bruno. "O 'apostolado' do SOCIALISMO-COMUNISMO em Brasília" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/03/o-apostolado-do-socialismo-comunismo-em.html].
______. "MST e 'apóstolo da revolução' - JUNTOS - BARBARIZANDO em Brasília" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/03/mst-e-apostolo-da-revolucao-juntos.html].
 
 
Nota publicada no dia 09 de Setembro de 2014.



No comments: