Sunday, April 26, 2015

A Medalha da Inconfidência no governo do "companheiro de armas" da Presidente Dilma Rousseff.

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.
 
 
I.
A MEDALHA DA INCONFIDÊNCIA no governo petista.
 
Em Ouro Preto, Fernando Pimentel abraça João Pedro Stédile. Fonte. Estado de Minas.
 
Presidente e orador da cerimônia que aconteceu hoje - 21 de Abril - em Ouro Preto: Fernando Pimentel, governador de Minas Gerais. Terrorista comunista companheiro de armas da Presidente Dilma Rousseff (Cf. "Pimentel - CODINOME: 'Jorge'" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/09/pimentel-codinome-jorge.html]).
 
Principal homenageado pelo governador do estado: Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Atuou pornograficamente como advogado de defesa dos petistas no julgamento do escândalo do MENSALÃO, e foi flagrado cochichando com o seu irmão ao telefone: "A imprensa acuou o Supremo. Todo mundo votou com a faca no pescoço. A TENDÊNCIA ERA AMACIAR PARA O DIRCEU" (Cf. CABRAL, 2013, p. 297).
 
Entre outros aliados e correligionários que receberam a homenagem das mãos do petista Fernando Pimentel estava João Pedro Stédile, líder máximo do MST. Comandante do "exército" dos sem-terra, do grupo de guerrilha do Foro de São Paulo com o qual o ex-Presidente Luiz Inácio ameaçou recentemente o país (Cf. "Lula ameaça com 'exército' do MST" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/02/lula-ameaca-com-exercito-do-mst.html]).
 
II.
 
 
 
Depois do escândalo de ser homenageado com a Medalha da Inconfidência, João Pedro Stédile não está nem ai para a polêmica. Em um artigo, ele faz bunda-lê-lê para os mineiros, para os brasileiros, exibindo o diploma de recebimento da comenda (Cf. imagem). E estimulado pela honraria concedida pelo governador petista de Minas Gerais, o líder do MST - do grupo paramilitar que promove invasões e saques de propriedades rurais e urbanas, que mantém associação com narco-guerrilheiros, e que está a serviço do PT e do Foro de São Paulo - ainda teve o atrevimento de proclamar:
"Que o espírito de Tiradentes e seus ideais continuem nos ajudando a nos animarmos na luta" [...] "Salve, Salve, Tiradentes".
O artigo escrito por João Pedro Stédile pode ser lido aqui: "A Medalha da Inconfidência e o Legado de Tiradentes", 23 de Abril de 2015 [http://www.mst.org.br/2015/04/23/stedile-que-o-espirito-de-tiradentes-nos-ilumine-para-irmos-as-ruas-por-justica-social.html].
 
III.
 

 
Medalha da Inconfidência - a mais alta honraria de Minas Gerais. Deveria ser concedida àqueles que serviram ao estado e ao Brasil.
 
Neste vídeo, uma das "dádivas notáveis" do MST para a Terra das Alterosas. Os mineiros da cidade de Ituiutaba foram "agraciados" com uma "nobre" e "sublime" ação do grupo que tem a liderança de João Pedro Stédile - o líder dos sem-terra que foi homenageado pelo governador petista Fernando Pimentel com a Medalha da Inconfidência.
 
IV.
 
Editorial do grupo Bandeirantes que condena a iniciativa do Governador de Minas Gerais - o petista Fernando Pimentel, terrorista comunista companheiro de armas da Presidente Dilma Rousseff - de conceder a Medalha da Inconfidência a João Pedro Stédile, líder do MST (Cf. Vídeo).
 

 
A comenda é a maior honraria do estado, e foi concedida ao "Comandante" do "exército" com o qual o ex-Presidente Luiz Inácio recentemente ameaçou o país, do grupo de guerrilha dos sem-terra que serve ao Partido dos Trabalhadores e ao Foro de São Paulo.
 
V.
 
Ex-diretor do Colégio Tiradentes de Barbacena (MG) devolve Medalha da Inconfidência com a qual havia sido homenageado.
 
Mozart Hamilton Bueno se opôs à iniciativa do Governador de Minas Gerais - o petista Fernando Pimentel, terrorista comunista companheiro de armas da Presidente Dilma Rousseff - de conceder a honraria a João Pedro Stédile, líder do MST.
 
Stédile é o "Comandante" do "exército" com o qual o ex-Presidente Luiz Inácio recentemente ameaçou o país, do grupo de guerrilha dos sem-terra que serve ao Partido dos Trabalhadores e ao Foro de São Paulo.
 

No comments: