Tuesday, July 23, 2019

A escabrosa "preparação" dos Bispos brasileiros para o Sínodo da Amazônia.

Bruno Braga.
Notas publicadas no Facebook.


I.

"Mística indígena"! É isso mesmo que você está lendo. Bispos realizam uma "mística indígena", pedindo "proteção" e "bênção" na "caminhada sinodal". Ora, que bebida foi essa preparada no ritual e distribuída aos participantes? Foi o "santo Daime"? (cf. fotos)

O ritual escabroso aconteceu em um seminário para "estudar" o "Instrumentum laboris" do Sínodo da Amazônia, realizado em Brasília (16-18 de julho). Seminário organizado pela REPAM (Rede Eclesial Pan-Amazônica), que colaborou na redação do tenebroso documento preparatório e que participa também da preparação do próprio Sínodo. REPAM, que tem como presidente Cláudio Hummes, "ícone" da Teologia da Libertação, amigo de "longa data" do bandido Lula, e que de forma inegável colaborou com a ascensão da quadrilha comunista que tomou de assalto e devastou o Brasil (cf. [http://bit.ly/2S4d1ry]). O objetivo agora é evidentemente a devastação da Santa Igreja Católica - sob a "proteção" e a "bênção" do paganismo indigenista. 

II.

Bispos estiveram reunidos em Brasília para o Seminário de Estudo do Documento de Trabalho do Sínodo para a Amazônia (16-18 de julho). Seminário no qual celebraram inclusive uma escabrosa "mística indígena" [1]. O evento foi organizado pela REPAM (Rede Eclesial Pan-Amazônica) e pelo CESEEP (Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular) (cf. imagem).

O REPAM, como já observei em "notas" anteriores, participou da elaboração do escandaloso Documento de Trabalho (do "Instrumentum laboris", em que o Cardeal Brandmüller apontou a heresia e apostasia [2]), e colabora na própria realização do Sínodo da Amazônia. Mas, e o CESEEP? Será que alguém recorda que "centro ecumênico" é esse?

No ano passado, denunciei a participação do presidente da CESEEP - o "padre" Benedito Ferraro - no lançamento de um livro intitulado "Jesus, o maior socialista que já existiu". Ferraro, um "apóstolo" da Teologia da Libertação que chegou a dizer que “Deus é, pelo menos, bissexual ou transexual” [3]. A aberração, no entanto, é ainda maior.  

O CESEEP promoveu um tal "Curso de Verão - 2018". O evento foi realizado com doações para a Campanha da Fraternidade 2017, isto é, com o dinheiro que os católicos doaram de boa vontade para a campanha da CNBB - Conferência dos Bispos, e sem saberem que ele seria aplicado e investido contra a própria Igreja. O tal "curso" aconteceu na PUC-SP, e teve como tema a “Ética e Participação Popular na Política a Serviço do Bem Comum”. Mais um púlpito armado para pregar a farsa do "golpe", "consagrar" a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e as CEB’s. Até Luíza Erundina esteve presente. Porém, o mais tenebroso: Valter Pomar ficou encarregado de uma apresentação no tal curso. Sim, Valter Pomar, ex-Secretário Executivo do Foro de São Paulo, da organização criada por Lula e Fidel Castro para transformar a América Latina na imensa "Patria Grande" comunista (cf. imagem) [4].

Foi assim que os Bispos "se prepararam" para o Sínodo da Amazônia, sob a tutela do REPAM e do... CESEEP.    

III.

Uma das "estrelas" do site do CESEEP é Frei Betto, com a sua conhecida "pregação" comunista, truques e falsificações da Teologia da Libertação (cf. imagem). Frei Betto, que recentemente agitou o encontro nacional do Movimento Fé e Política, "ensinando" inclusive como enganar os católicos com o Santo Terço [5], mas confessando abertamente também o propósito de explorar o Sínodo da Amazônia em benefício da facção comunista para a qual trabalha [6]. Frei Betto, um dos principais articuladores para a criação do Foro de São Paulo. CESEEP, que recentemente organizou a preparação dos Bispos brasileiros para o Sínodo da Amazônia, em Brasília (cf. imagem) [7].

IV.

Foi assim que os Bispos "estudaram" o Documento de Trabalho do Sínodo da Amazônia (Brasília, 16-18 de julho). REPAM, CESEEP [8], a escabrosa "mística indígena" [9] e... uma apresentação de Romi Bencke, pastora luterana, militante comunista, Secretária-geral do CONIC, um conselho de seitas que prega os embustes da Teologia da Libertação, ecumenismo e uma falsa "unidade" dos cristãos, e que conta com a participação da CNBB - Conferência dos Bispos [10]. 

É a Santa Igreja Católica sendo exposta, violentada e traída pelos seus próprios Bispos. 

(*) Na primeira imagem, ao lado da pastora comunista Romi Bencke, aparece o pastor luterano Roberto Swetsch.  

V.

Claro, o espetáculo de aberrações para "estudar" o escabroso "Instrumentum laboris" do Sínodo da Amazônia, em Brasília, contou com a presença e o apoio do presidente da CNBB - Conferência dos Bispos - Dom Walmor Oliveira de Azevedo -, que também é Arcebispo da Arquidiocese de BH. REPAM, CESEEP [11], "mística indígena" [12], Teologia da Libertação, CONIC e a "pastora" comunista Romi Bencke [13].  


REFERÊNCIAS.



[3]. Cf. "CNBB: a 56ª Assembleia Geral e a Conferência dos Bispos no olho do furacão", nota I [https://b-braga.blogspot.com/2018/04/cnbb-56-assembleia-geral-e-conferencia.html].

[4]. idem.






[10]. Cf. "O Fórum Social Mundial 2018 e a escabrosa participação da CNBB no evento comunista", nota VI [https://b-braga.blogspot.com/2018/03/o-forum-social-mundial-2018-e-escabrosa.html].


[12]. Cf. [http://bit.ly/2JORroI].

[13]. Cf. [http://bit.ly/2MdaH2b].

No comments: