Saturday, June 08, 2013

Guerrilha do Araguaia: relato de um combatente.

Bruno Braga.



MACIEL, Licio. “Guerrilha do Araguaia”: relato de um combatente. 2ª. Edição. Editora Schoba: São Paulo, 2011.  

Este livro é leitura indispensável para aqueles que querem de fato conhecer a Guerrilha do Araguaia. Nele, o Coronel Licio Maciel conta – através de sua experiência no combate – como os guerrilheiros pretendiam implantar o Comunismo no Brasil. Ele desfaz o mito de que os revolucionários eram apenas “idealistas”. Aponta o patrocínio e o treinamento que eles receberam de países comunistas. Os “justiçamentos” que promoveram contra seus próprios “companheiros” – e o de um jovem mateiro, brutalmente esquartejado na frente dos seus pais.

O Coronel Licio conta ainda sobre o tiro que recebeu no rosto depois de dar voz de prisão a uma revolucionária. Narra a detenção do “guerrilheiro de festim”: o Comunista-Mensaleiro-Petista José Genoíno, que sem tomar um bofetão, traiu os seus companheiros. E aponta a participação de Cláudio Fonteles – integrante da Comissão da Verdade, quer dizer, da MENTIRA – nas transmissões da Rádio Tirana dentro de um convento de padres.  

Sobre a Guerrilha do Araguaia, o relato do Coronel Licio Maciel é um documento fundamental. Principalmente para desconstruir a Mitologia Revolucionária – a de que os “heróis” guerrilheiros lutavam pela democracia, e não por uma macabra “ditadura do proletariado”.


Sugestão de leitura.

BRAGA, Bruno. “Como assim, Genoíno?” [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/10/como-assim-genoino.html].



No comments: