Friday, May 09, 2014

A Nicarágua e o "apostolado" SOCIALISTA-COMUNISTA da revolução.

Bruno Braga.
 
 
I.
 
 
 
 
"Noite Sandinista": os "apóstolos da revolução" consagram a revolução SOCIALISTA-COMUNISTA na Nicarágua.
 
Em 1980, São Paulo, a Nicarágua foi apresentada ao público como modelo a ser copiado na América Latina. Na "Noite Sandinista" - em um evento maquiado com "ecumenismo" e "teologia" - os "apóstolos da revolução" celebraram não só a tomada do poder político, mas a eficiência de uma das armas utilizadas - além do fuzil - para alcançar a vitória: a Teologia da Libertação - um simulacro de teologia forjado para perverter a fé e instrumentalizar a Igreja Católica com o propósito de promover o projeto de poder SOCIALISTA-COMUNISTA.
 
O Comandante Daniel Ortega ergue o punho cerrado. A saudação comunista. Betto - à sua direita - aplaude (Cf. foto). Disfarçado de "frei", Betto também parasita a Igreja Católica. Não é apenas "apóstolo" da Teologia da Libertação. Colaborador do terrorista Carlos Marighella durante o Regime Militar, Betto foi um dos fundadores do PT. Está ligado ao Foro de São Paulo - organização fundada por Lula-PT e por Fidel Castro para fomentar o SOCIALISMO-COMUNISMO na América Latina. O mapa político do continente - hoje pintado de vermelho - expressa a eficiência do nefasto "apostolado da revolução".

Nota publicada no Facebook em 08 de Maio de 2014.

 
II.


"Misa Guerrillera"?
 
Não. Ernesto Cardenal, vestindo uma fantasia do PSICOPATA Che "O porco sanguinário" Guevara, mas apresentado no vídeo como "sacerdote católico", conduz um "ritual satânico". O "apóstolo da revolução" recorre a um simulacro de teologia. A Teologia da Libertação, forjada para perverter as Escrituras e instrumentalizar a Igreja Católica em favor do projeto de poder SOCIALISTA-COMUNISTA. Deste modo, e com patrocínio cubano e soviético, Cardenal justifica e alimenta a guerrilha promovida pela frente sandinista, transformando Jesus Cristo em "proletário" e "revolucionário". Um apostolado que define a sua EXCOMUNHÃO AUTOMÁTICA - por trabalhar para o SOCIALISMO-COMUNISMO (Cf. NOTA) - e o fez merecer uma repreensão pública de São João Paulo II, em 1983 (Cf. [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/11/hagiografia-da-inversao.html]).


NOTA.

I. Congregação do Santo Ofício, 1949. (1) "É permitido aderir ao partido comunista ou favorecê-lo de alguma maneira? Não. O comunismo é de fato materialista e anticristão; embora declarem às vezes em palavras que não atacam a religião, os comunistas demonstram de fato, quer pela doutrina, quer pelas ações, que são hostis a Deus, à verdadeira religião e à Igreja de Cristo [...] (4) Fiéis cristãos que professam a doutrina materialista e anticristã do comunismo, e sobretudo os que as defendem e propagam, incorrem pelo próprio fato, como apóstatas da fé católica, na excomunhão reservada de modo especial à Sé Apostólica? Sim. - II. Congregação do Santo Ofício, 1959. "É permitido aos cidadãos católicos, ao elegerem os representantes do povo, darem seu voto a partidos ou a candidatos que, mesmo se não proclamam princípios contrários à doutrina católica e até reivindicam o nome de cristãos, apesar disto se unem de fato aos comunistas e os apoiam por sua ação? Não, segundo a diretiva do Decreto do Santo Ofício de 1o. de Julho de 1949, n.1 [3865]" (Cf. [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/05/um-alerta-aos-catolicos.html]).


Nota publicada no Facebook em 08 de Maio de 2014.
 
 
ARTIGOS RECOMENDADOS.
 
BRAGA, Bruno. "A promoção efetiva da Teologia "Socialista-Comunista" da Libertação" [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/05/a-promocao-efetiva-da-teologia.html].
______. "Sob a ´benção´ do ´Comandante´" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/02/sob-bencao-do-comandante.html].
______. "O Chefe e as Farc" [http://b-braga.blogspot.com.br/2012/12/o-chefe-e-as-farc.html] Cf. Referência [5].
______. "A ´autovitimização´ de um frade dominicano" [http://b-braga.blogspot.com.br/2011/01/autovitimizacao-de-um-frade-dominicano.html].
NORRIS, Brian. "Crítica do ´Christian Peace Conference". Trad. Bruno Braga. [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/07/critica-do-christian-peace-conference.html].


No comments: