Wednesday, May 28, 2014

Mais médicos. Governo dos ditadores PSICOPATAS Castro exige que "profissionais" cubanas ABORTEM.

Bruno Braga.
 
 
 
A revista "Isto é" publicou recentemente uma nota macabra. O governo dos ditadores Castro estaria exigindo que as "profissionais" cubanas - que ENGRAVIDARAM no Brasil - façam o ABORTO. Esta seria a condição para elas permanecerem no país.
 
 

No entanto, o ABORTO é - em tese - proibido no Brasil. Com isso, as cubanas deveriam retornar à ilha regida pelos irmãos PSICOPATAS. 
 
Uma investigação minuciosa deveria ser promovida a partir desta denúncia. Para verificar se aquelas gestantes foram realmente mandadas para Cuba e, se lá, onde é prática comum, foram submetidas ao ABORTO. Mas sobretudo investigar se elas puderam no Brasil cuidar da gravidez; ou se, no país mesmo, por meio de algum artifício para burlar a legislação, foram obrigadas ou convencidas a ABORTAR. Neste caso, o "Mais médicos" PETISTA-SOCIALISTA-COMUNISTA - somadas todas as outras aberrações - seria um programa ABORTISTA - através do qual se pratica o ASSASSINATO de CRIANÇAS.
 

No comments: