Tuesday, August 18, 2015

"Dando cobertura" aos "companheiros".

Bruno Braga.
Nota publicada no Facebook.
 
 
 
A TeleSUR acompanhou o protesto do último domingo, em São Paulo. Para o repórter da emissora, tratava-se de expressão de um "discurso de ódio" contra o PT e a Presidente Dilma, contra o ex-Presidente Lula (Cf. vídeo).
 
 
O correspondente tenta minimizar o tamanho da manifestação, comparando-a com os eventos anteriores, e enfatiza: "é uma marcha em que NÃO SE ENCONTRA TRABALHADORES". Ele, que diz ter percorrido a Avenida Paulista, afirma:
"não encontramos, poderíamos contar nos dedos de uma mão as pessoas, os trabalhadores, os negros" - e emenda: "o que há é a ELITE BRANCA de São Paulo, manifestando um discurso de ódio contra o governo da Presidente Dilma Rousseff" [...].
Psicopatia? Pode ser, mas não é só isso. Para quem ainda não sabe, a TeleSUR é a emissora de TV venezuelana que foi concebida no Foro de São Paulo - é parte da organização fundada por Lula e por Fidel Castro para transformar a América Latina na imensa "Patria Grande" comunista. Portanto, a TeleSUR não fez a "cobertura" da manifestação. Estava na Avenida Paulista "dando cobertura" - com invencionices e embustes ideológicos - aos "companheiros", aos integrantes de sua própria quadrilha: justamente os alvos do protesto que, para a realização de um ambicioso projeto de poder, estão saqueando o país.
 
No domingo, 16 de agosto, manifestante exibe cartaz contra a Presidente Dilma na Avenida Paulista (Fonte da imagem. Portal G1).

LEITURA RECOMENDADA.
 
BRAGA, Bruno. "Foro de São Paulo: a gênese criminosa da 'Patria Grande' comunista" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/08/foro-de-sao-paulo-genese-criminosa-da.html].
______. "Foro de São Paulo: confabulação comunista no México" [http://b-braga.blogspot.com.br/2015/08/foro-de-sao-paulo-confabulacao.html].
 

No comments: