Wednesday, December 03, 2014

Paróquia da capital mineira aberta à pregação comunista: a promoção da reforma política da CNBB.

Bruno Braga.
 


 
No dia 05 de Dezembro, o auditório da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem - em Belo Horizonte, Minas Gerais - será utilizado para fazer pregação comunista: trata-se de um evento para promover a nefasta proposta de reforma política assinada pela CNBB.
 
Os convidados Aldo Arantes e Vick Barros terão a companhia de Dom Mol. Do Bispo auxiliar da capital mineira que representa a conferência dos Bispos na "Coalizão pela Reforma Política Democrática" e reivindica para a CNBB uma autoridade que ela definitivamente não tem: a de pronunciar-se em nome da Igreja Católica (Cf. Brasília, 28 de Agosto de 2014, [https://soundcloud.com/reformapolitica/coletiva-de-imprensa] - Tempo: 06:02).
 
Na publicidade do evento, Aldo Arantes é anunciado como representante da OAB. Porém, o público precisaria conhecer melhor o "ilustre" participante: ele é membro do PCdoB (Partido Comunista do Brasil). Aldo Arantes é um célebre comunista. Ex-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes), ele participou de grupos terroristas durante o regime militar - quadrilhas que assaltaram inclusive a Igreja Católica para instrumentalizá-la em favor da ação revolucionária (Cf. "O porta-voz comunista da reforma política celebrada por padres" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/07/o-porta-voz-comunista-da-reforma.html]). Vick Barros, por sua vez, é dada como "Presidenta" da UNE. Mas ela não só é filiada ao PCdoB - como Aldo Arantes -, como participou ativamente - com militância até mesmo em Belo Horizonte - da campanha pela reeleição da petista Dilma Rousseff.

O "ato" para promover a proposta de reforma política não é reprovável somente porque os seus paladinos professam uma ideologia expressamente condenada pela Igreja Católica. É pior. Um estabelecimento eclesial servirá para reivindicar a ampliação e o fortalecimento do totalitarismo petista-socialista-comunista - um esquema de poder concreto, traçado nos moldes daquela ideologia condenada, embora disfarçado por uma proposta de reforma política maliciosa. Uma proposta que insere um sem número de movimentos chamados de "sociais", que comungam o mesmo projeto de poder, que são propagadores da luta de classes, promotores da ideologia de gênero, participantes de atividades criminosas, que estão engajados na legalização das drogas e comprometidos com a implantação definitiva do aborto - do assassinato de crianças - no país. Uma proposta na forma de um projeto de lei de iniciativa popular que, para ser legitimado, recolheu assinaturas com ameaças e intimidações.
 
Enfim, para a vergonha do católico que ainda tem noção dos princípios de sua fé, o auditório da Paróquia de Nossa Senhora da Boa Viagem - da padroeira de Belo Horizonte - será utilizado para promover o contrário do que professa a Igreja Católica; porém, mais que isso, o que é contrário aos interesses do país e do cidadão brasileiro. Tudo feito com o perverso aval da CNBB.

 
NOTA.
 
Católico, EXIJA da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil a fidelidade à Igreja, ASSINE e COMPARTILHE esta petição: "Pela retirada da CNBB do projeto de Reforma Política e Plebiscito Constituinte" [http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=BR77163].


ARTIGOS RECOMENDADOS.
 
BRAGA, Bruno. "Se a CNBB realmente quer 'eleições limpas'..." [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/se-cnbb-realmente-quer-eleicoes-limpas.html].
______. "CNBB se associa a bando socialista-comunista que atacou a sede da Editora Abril para reivindicar Reforma Política 'democrática'" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/cnbb-se-associa-bando-socialista.html].
______. "Ameaças e intimidações para promover Reforma Política. E agora, CNBB?" [http://b-braga.blogspot.com.br/2014/11/ameacas-e-intimidacoes-para-promover.html].
 
 
 
 

No comments: