Friday, August 16, 2013

O SENADO FEDERAL celebra a VADIAGEM do FEMINISMO SOCIALISTA-COMUNISTA-ABORTISTA do Foro de São Paulo.

Bruno Braga.



Em sessão solene do dia 12 de Agosto de 2013, o Senado Federal prestou homenagem à União Brasileira de Mulheres (UBM) pelos 25 anos da organização feminista. A solenidade foi uma iniciativa da Procuradora especial da Mulher do Senado, a senadora comunista Vanessa Grazziotin (PC do B-AM), e da coordenadora da bancada feminina da Câmara dos Deputados, a deputada comunista Jô Morais (PC do B-MG) – que recebeu uma homenagem especial por ter sido a primeira presidente da UBM, fundada em 1988 [1].

Recentemente, Jô Moraes promoveu outra celebração, uma mórbida celebração. Diretamente do XIX Encontro do Foro de São Paulo – organização fundada por Lula e por Fidel Castro para promover a revolução Socialista-Comunista na América Latina -, a Deputada Federal comunista festejou a sanção do projeto ABORTISTA PLC 03/2013 – SEM VETOS – pela Presidente Dilma Rousseff. “Hoje tivemos uma vitória memorável”, comemorou Jô Morais. Na ocasião, as feministas que participaram do evento enalteceram o governo Dilma Rousseff e aprovaram uma nota de apoio à “Presidenta”.  

Jô Morais no II Encontro de Mulheres do Foro de São Paulo, 01 de Agosto de 2013.

É curioso notar que antes da “vitória memorável” celebrada por Jô Moraes, a Marcha das Vadias – sob o pretexto de lutar por um instrumento legal que protegia as mulheres contra a violência sexual - fez um apelo público para que a Presidente sancionasse TOTALMENTE o PLC 03/2013. A representação do grupo no Distrito Federal, que foi recebida por Dilma Rousseff com status de “VOZ das mulheres”, e a do Rio de Janeiro, que promoveu uma passeata CRIMINOSA durante a Jornada Mundial da Juventude [2], assumiram esta campanha:

Marcha das Vadias-DF.

Marcha das Vadias-RJ.

Jô Moraes não está alheia ao ambiente – às propostas, projetos e ações da “Vadiagem”. Nem a Deputada comunista e nem a UBM. Esta organização feminista ligada ao Socialismo-Comunismo – e celebrada pelo Senado Federal – não esconde o vasto apoio às vadias, que pode ser constatado através de uma simples busca no site oficial do grupo [2]. E a Deputada comunista Jô Moraes participou da Marcha das Vadias em Belo Horizonte, enaltecendo, com um cinismo abjeto, o que chamou de forma “alegre” de protestar [4] (Cf. foto abaixo). 

Deputada Federal Jô Moraes (PC do B-MG) participa da Marcha das Vadias-BH, em 2012.

Enfim, apesar do contraste obsceno com os princípios e valores sustentados pela esmagadora maioria das mulheres brasileiras, as principais porta-vozes delas nas instâncias do poder público promovem a VADIAGEM SOCIALISTA-COMUNISTA-ABORTISTA do Foro de São Paulo.


Notas.


[2]. BRAGA, Bruno. “A criminalidade das vadias” [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/08/a-criminalidade-das-vadias.html]; “Vadiagem institucionalizada” [http://b-braga.blogspot.com.br/2013/08/vadiagem-institucionalizada.html].





No comments: