Tuesday, November 04, 2014

Eleições em xeque: uma coletânea de denúncias e ocorrências.

Bruno Braga.

 
 
 
Denúncias relativas à votação comprometem a reeleição da Presidente Dilma Rousseff. Logo abaixo estão algumas ocorrências registradas, divididas e enumeradas por estados, e obedecendo ao critério da relação com o segundo turno do pleito, etapa da disputa que gerou mais polêmica e desconfiança.
 
Contudo, antes de passar às denúncias, é preciso observar que a votação não é o único fator que indica a fraude nas eleições presidenciais. Um dos pressupostos da democracia é a livre circulação de informações sobre os candidatos. Porém, há uma passagem obscura na biografia de Dilma Rousseff: o período em que - durante o regime militar - ela era integrante de grupos terroristas que pretendiam implantar o socialismo-comunismo no país. Pouco ou quase nada se sabe a respeito do grau de participação dela em assaltos, sequestros, atentados a bomba, assassinatos e "justiçamentos". O que se tem é uma biografia forjada - isto é, fraudada - com falso heroísmo. E há ainda a questão partidária. O PT viola a norma constitucional e eleitoral por estar vinculado e subordinado a uma organização internacional: ao Foro de São Paulo, organização fundada por Lula e por Fidel Castro para promover o socialismo-comunismo na América Latina (Cf. Cf, art. 17; Lei 9.096-95, art. 28). O Partido dos Trabalhadores não poderia sequer participar do pleito. Em suma - pela pessoa, pelo partido, e pela votação - a reeleição de Dilma Rousseff seria uma fraude em todos os termos.






I. Alagoas (AL).
 
1. Eleitores tentam votar e descobrem que já votaram por eles em Maceió.
 
 

II. Bahia (BA).
 
1. "Três urnas podem ser impugnadas em Salvador".
 
"Três eleitores que foram às urnas neste domingo, em Salvador, foram surpreendidos ao verem que alguém já tinha votado por eles"
 
[...]
 

III. Ceará (CE).
 
1. FRAUDE no Ceará, onde Dilma obteve 76,75% dos votos?
 
"No bairro Henrique Jorge, eleitor tenta votar, mas descobre que seu título já tinha sido usado".
 
 
Tribuna do Ceará, 26 de Outubro de 2014.

O episódio ocorreu em Fortaleza, onde Dilma alcançou 67,95% dos votos - contra 32,05 de Aécio Neves.
 
2. Ceará, mais um: "Quero saber quem votou em meu lugar" - caso aconteceu em Ipu.
 
 
Portal de Notícias Aconteceu Ipu, 28 de Outubro de 2014 [http://www.aconteceuipu.net/2014/10/quero-saber-quem-votou-em-meu-lugar.html].
 
PS. Confira outros casos denunciados na reportagem.
 
3. "Indícios de FRAUDE em urna eletrônica em Ipu" (26 de Outubro de 2014).
 

4. Eleitor descobre que outra pessoa votou em seu lugar.
 
 
 



 
IV. Espírito Santo (ES).
 
1. "Eleitor é impedido de votar em Linhares, ES".
 
"A urna detectou que eu já havia votado" - eleitor suspeita de fraude.
 
A reportagem ainda denuncia outro caso semelhante, mas que aconteceu na cidade de Barra de São Francisco com uma dona de casa.
 

2. "Crime eleitoral em Barra de São Francisco? Fui votar e outra pessoa votou com meu nome, falsificaram minha assinatura".
 

V. Goiás (GO).
 
1. "Dona de casa diz que outro eleitor votou em seu lugar, em Goiânia".
 
 
Noraney Pereira da Silva, de 41 anos, esperou duas horas e não pôde votar.
Mesária da seção alegou que problema ocorreu por um 'erro no sistema'.


VI. Mato Grosso do Sul (MS).
 
1. PETISTA é preso transportando INDÍGENAS para VOTAR.
 
NE10, 26 de Outubro de 2014.

VII. Minas Gerais (MG).
 
1. Eleitora de BH é impedida de votar ao descobrir que outra pessoa votou em seu lugar.
 
O voto foi computado na seção. No entanto, - curisosamente - o protocolo não foi assinado e o comprovante de votação não foi destacado.
 

2. Eleitor de Lavras vai votar e descobre que alguém votou em seu lugar.
 
Jornal de Lavras, 27 de Outubro de 2014 [http://www.jornaldelavras.com.br/index.php?p=10&tc=4&c=9534].

3. Montes Claros: Eleitor não vota e mesmo assim pega comprovante - "Ficamos sem entender. Quando ela digitou o número do título aparece que já tinha votado. Ela ligou em outro setor e nem eles conseguiram explicar o que havia ocorrido".
 
G1, 26 de Outubro de 2014.

4. Minas Gerais: Eleitor descobre que outra pessoa votou em seu lugar em Muriaé.
 

5. Em Alfenas, eleitora não consegue votar após lista indicar que outro eleitor já havia votado.
 
Alfenas Hoje, 26 de Outubro de 2014 [http://www.alfenashoje.com.br/noticia.asp?id_noticia=8604].

VIII. Paraíba (PB).
 
1. "Votaram no meu lugar", denuncia estudante.
 
 

IX. Pernambuco (PE).
 
1. Em Afogados, três casos de eleitores que votaram no lugar de outros.

OBS. No Estado do Pernambuco, o candidato Aécio Neves tinha o apoio da família de Eduardo Campos e do tradicional paratido dele, o PSB. Contava ainda com o apelo de Marina Silva. No entanto - algo no mínimo "curioso" - Dilma Rousseff venceu o candidato tucano por uma diferença assombrosa: 70,20% dos votos, contra 29,80%.
 
Em Afogados da Ingazeira - município citado na reportagem - Dilma obteve 68,41% dos votos, contra 31,54% de Aécio Neves.
 
X. Piauí (PI).
 
1. "Eleitor denuncia que alguém votou por ele na zona Norte de Teresina".
 

XI. Rio de Janeiro (RJ).
 
1. David Brazil denuncia: "Alguém votou no meu lugar".
 
 
Época, 26 de Outubro de 2014.
 
David Brazil era eleitor de Aécio Neves, veja: [http://www.youtube.com/watch?v=xuGjSY4ZMoM].

2. "Rene Silva reclama que assinaram seu nome em votação do 1o turno, no RJ - Editor do Jornal Voz das Comunidades estava fora do país no 1o turno. Rene ficou surpreso ao ver seu nome assinado no livro de votação".
 

3. Eleitora descobre que votaram em seu lugar em Nilópolis.
 
"Assinaram com meu nome de solteira, só que na minha identidade já está o de casada. Questionei o mesário ai ele ficou todo cabreiro e não sabia o que me falar".
 

4. Descendente de Visconde de Mauá denuncia fraude eleitoral no segundo turno: urna eletrônica registra voto para governador, mas não para Presidente da República.
 

 
5. Sob a alegação de que já tinha votado, senhora é impedida de votar.
 
 

XII. Rio Grande do Norte (RN).
 
1. Roberta Caldas - VÍDEO - Natal, 26 de Outubro de 2014: [https://www.facebook.com/video.php?v=744226495652141&fref=nf].

XIII. Rio Grande do Sul (RS).
 
1. Urna eletrônica contabiliza votos sozinha!
 

 
Torres-RS - Zona 85 - Seção 2.

XIV. Rondônia (RO).
 
1. Mecânico denuncia que outra pessoa votou em seu lugar, em Porto Velho.
 
 
[...]
 
"Quando o mesário me falou que eu já tinha votado, argumentei como seria possível, já que tinha chego naquela hora. Ele pediu meu título para confirmar e o número da confirmação de voto batia com o meu título. Saí de lá me perguntando se seria possível alguém votar por mim"
 
[...]
 
"O país é cheio de falcatrua. Nosso pior problema não é saúde, é corrupção. E isso acontece justo no dia da eleição? Quero que essa história seja contada PORQUE EU POSSO NÃO SER O ÚNICO"


2. Eleitor suspeito de ter votado duas vezes vai parar no Cadeião - ele foi preso em Porto Velho por falsidade ideológica.
 
[...]
 
"Segundo a denúncia, o acusado votou duas vezes no 1o turno e foi detido no momento em que iria votar novamente no 2o turno no lugar do irmão".
 
[...]
 
Jornal O Rondoniense, 26 de Outubro de 2014 [http://www.orondoniense.com.br/textos.asp?cd=58285].

XV. São Paulo (SP).
 
1. "Eleitor de Aécio diz que votaram em seu lugar em São Bernardo do Campo" - local de votação é o mesmo do ex-presidente Luiz Inácio.
 

2. "Eleitores relatam falhas em urnas e problemas para votar em SP".
 
Estadão, 26 de Outubro de 2014.
 
Eleitores de duas seções da zona leste - eleitores de Aécio Neves - disseram que, após digitarem o número "4", aparecia mensagem para votar nulo.
Matéria do jornal ainda aponta dois casos em que os eleitores compareceram à seção, mas os votos deles já tinham sido computados.
 

3. "Eleitora descobre que 'votaram por ela' em seção de Taubaté".
 
[...]
 
"Ela [a mesária] foi conferir meu nome na lista, mas quando olhou alguém já havia assinado e levado o comprovante. Alguém votou no meu lugar, meu voto foi computado e não pude votar mais", conta a motorista Silvia Helena dos Santos.
 
[...]
 

4. "Eleitor de Paulínia é barrado na urna após sistema ter acusado seu voto".
 
 
"O analista de sistemas Adriano Farah Ferraz Aranha, de Paulínia (SP), foi impedido de votar neste domingo (26) porque o sistema eletrônico da seção já havia computado seu voto"
[...].
 

5. "Eleitor descobre que outra pessoa votou em seu lugar em Santos, SP".
 
 
[...]
 
"Eu cheguei na minha seção eleitoral para votar e fui direto na cabine por estar vazia. A menina foi digitar o meu número para liberar a votação e constou como se eu já tivesse votado. Ela tentou de novo e apareceu que eu realmente tinha votado anteriormente"
 
[...]
 
G1, 26 de Outubro de 2014.

6. "Urna Eleitoral rouba voto nas eleições 2014".
 

 
7. Em Santa Bárbara d'Oeste:
 
[...]
 
"Um registro de boletim de ocorrência foi feito por Lucimara Vidal, eleitora que vota na EE José Gabriel de Oliveira. Quando compareceu na sua seção, mesmo após ser confirmada a sua presença, não pode votar, uma vez que já constava no livro de comprovante que ela já tinha votado.
 
[...]
 

8. "Mais uma denúncia grave sobre as urnas, que chega com RG, CPF, nome e sobrenome".
 
Eleitora chega para votar, mas mesária avisa que ela já havia votado.
 

XVI. Sergipe (SE).
 
1. "Eleitora descobre que outra pessoa votou em seu lugar".
 
 
[...]
 
"Minha foto está lá, meu número e não sei como uma pessoa JÁ VOTOU e NEM ASSINOU"
 
[...]
 
Infonet, 26 de Outubro de 2014 [http://www.infonet.com.br/politica/ler.asp?id=164903].

2. "Eleitores não conseguem votar e lamentam em Aracaju".
 
[...]
 
"Quando eles chegaram na seção foram informados que já 'haviam votado'".
 
[...]
 

3. "Eleitores não conseguem votar e lamentam em Aracaju" - quando chegaram na seção foram informados de que já "haviam votado".
 

XVII. Tocantins (TO).
 
1. "Alguém votou por mim" - afirma eleitora.
 
 
G1, 26 de Outubro de 2014.

Episódio aconteceu na cidade de Gurupi, onde Dilma obteve 53,08% dos votos - contra 46,92% de Aécio Neve. A candidata petista vencou no estado de Tocantins - 59,50%, contra 40,51% do tucano. No entanto, Aécio Neves venceu em Palmas, o maior colégio eleitoral, com 50,60%, contra 49,40% de Dilma Rousseff.
 

No comments: